Desporto

O Mundial das ‘selfies’: CR7 e Neymar os reis do exibicionismo

O Mundial de 2014 ainda nem começou no Brasil, mas já há pelo menos dois vencedores, os maiores ‘goleadores’ de exibicionismo. Num campeonato à parte, o das ‘selfies’, o português Cristiano Ronaldo e o brasileiro Neymar disputam o título de campeão da vaidade nas redes sociais, especialmente no Instagram. 

Mas enquanto o brasileiro se pode já considerar o rei das ‘selfies’, com mais de 2.000 fotografias postadas até ao dia de ontem, contra apenas um pouco mais de 200 do avançado português, a verdade é que a estrela da selecção das quinas consegue ter mais seguidores (5,4 milhões) do que o jogador do Barcelona (5,3). Com uns ‘humildes’ 3,3 milhões de fãs segue o arqui-rival de Ronaldo no troféu Bola de Ouro, o argentino Lionel Messi. Seguem-se os brasileiros Daniel Alves (com 1,9 milhões de seguidores) e David Luiz (com 1,5 milhões). 

Outro jogador que também se começa a impor neste campeonato do exibicionismo é o excêntrico Mario Balotelli. Começou com pouco mais de meio milhão de fãs, mas está a ganhar em média oito mil ‘visualizadores’ por dia. Uma fotomontagem com Balotelli no lugar de Cristo Redentor, de braços abertos sobre a Baía da Guanabara, em que saúda o Rio de Janeiro e avisa: ‘estamos a chegar’, em muito contribui para isso. 

filipa.moroso@sol.pt