Vida

Trânsito em Lisboa condicionado na noite de Santo António

A noite de Santo António, que antecipa o feriado de 13 de Junho em Lisboa, vai provocar condicionamentos ao trânsito, contudo a CP, o Metro e a Carris vão reforçar o serviço de transportes públicos.

Devido ao desfile das marchas populares durante a noite de Santo António, o trânsito vai estar cortado hoje na Avenida da Liberdade, no eixo central entre a Rua Alexandre Herculano e a Rua das Pretas, das 18h30 às 08h00 de sexta-feira.

Entre as 19h00 e as 07h00 de sexta-feira, os carros não vão poder circular no eixo central da Avenida entre o Marquês de Pombal e os Restauradores.

"A partir das 19h00 será isolada a praça Marquês de Pombal, bem como a rua Braancamp, rua Duque de Palmela e todos os atravessamentos da Avenida da Liberdade. Apenas circularão, viaturas de emergência e organização devidamente identificadas", disse a PSP de Lisboa.

Ainda esta quinta-feira, a faixa "Bus" na Avenida da Liberdade entre a rua Alexandre Herculano e a Rua das Pretas vai sofrer condicionamentos das 14h30 às 18h30.

"A partir das 20h00 será isolado o acesso à praça D. Pedro IV (Rossio)", disse a PSP.

No Rossio, o trânsito vai estar cortado entre as 21h00 e as 02h30 de sexta-feira, referiu em comunicado a Câmara de Lisboa.

Segundo a PSP, "a reabertura da Avenida da Liberdade ao trânsito está prevista para as 10h00 do dia 13 de Junho".

Segundo fonte da Câmara de Lisboa, as pessoas que pretendam ir para aquela zona são aconselhadas a optarem pelos transportes públicos.

Para corresponder à grande procura por parte dos passageiros, a CP - Comboios de Portugal -, o Metro de Lisboa e a Carris vão reforçar o serviço de transporte durante esta noite e a madrugada de sexta-feira.

A CP informou que irá haver um reforço na "madrugada do dia 13 de Junho com comboios especiais", disse a porta-voz da CP, Ana Portela.

Com habitual encerramento à 01h00, a CP irá reforçar "a linha Rossio-Sintra e a linha Cais do Sodré-Cascais, onde a procura é mais significativa, com comboios às 02h30, 03h30 e 04h30", acrescentou.

Também a linha Santa Apolónia-Castanheira do Ribatejo irá ter um reforço com um comboio às 04h30.

Em relação ao Metro de Lisboa, a empresa irá duplicar a "oferta habitual nas linhas azul, amarela e vermelha, circulando com composições de seis carruagens" durante a noite de Santo António.

Apesar de reforçar três das quatro linhas existentes do Metro de Lisboa, duplicando o serviço prestado na linha azul entre Amadora Este e Santa Apolónia, na linha amarela entre Rato e Odivelas, e na linha vermelha entre S. Sebastião e Aeroporto, o encerramento no dia 13 de Junho será à 01h00, conforme o horário habitual, disse fonte da empresa.

Também a Carris irá reforçar o transporte de regresso da noite de Santo António, a partir das 00h00 do dia 13 de Junho, com o auxílio de mais "dez autocarros (5 articulados + 5 standard)".

Existirão "reforços à Rede da Madrugada a partir do Marquês de Pombal para os corredores do Lumiar e de Benfica, do Cais Sodré para o corredor ribeirinho ocidental e da Sul e Sueste /Campo das Cebolas para o corredor ribeirinho oriental", apesar dos condicionamentos ao trânsito no centro, informou a Carris.

Lusa/SOL