Economia

Troika ‘saúda’ a determinação de Portugal

A Comissão Europeia (CE), o Banco Central Europeu (BCE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) enviaram hoje um comunicado conjunto onde “tomam nota da intenção do Governo português de esperar pelas decisões do Tribunal Constitucional ainda pendentes” e de não receber a última tranche do empréstimo.

“Saudamos a firme determinação do Governo em identificar as medidas necessárias para compensar o desvio orçamental provocado pelas decisões do Tribunal Constitucional, tendo em vista alcançar os objectivos orçamentais definidos no programa”, referem as organizações.

Os elementos da troika encorajam ainda o Governo a continuar as reformas estruturais. “Para fortalecer a presente recuperação económica e assegurar um crescimento sustentável e a criação de emprego são necessárias políticas económicas rigorosas para o médio prazo”, sustentam, mostrando “disponibilidade em apoiar as autoridades e os portugueses na prossecução deste esforço”.

joao.madeira@sol.pt