Sociedade

Isaltino já vai passar a noite em casa

O tribunal da Relação de Lisboa decidiu esta tarde que Isaltino Morais poderá cumprir em liberdade condicional os restantes 10 meses de pena a que foi condenado por fraude fiscal e branqueamento de capitais. 

A decisão das juízas Alda Tomé Casimiro e Filomena Lima foi comunicada, esta tarde, à prisão da Carregueira onde o autarca está detido desde Abril do ano passado. «Isaltino Morais já vai dormir esta noite em casa», apurou o SOL junto de fonte judicial.

A decisão da Relação surge na sequência do recurso do ex-autarca de Oeiras que viu chumbado o pedido de liberdade condicional pelo Tribunal de Execução de Penas em Fevereiro passado. 

Agora, as juízas desembargadoras decretaram que Isaltino está impedido de sair de Portugal Continental e que terá de fixar residência em Miraflores, onde vivia até ser preso.

As medidas só terminam a 21 de Abril de 2015, quando acaba os dois anos de pena a que foi condenado. 

joana.f.costa@sol.pt