Desporto

Paulo Bento 'na corda bamba'

Paulo Bento irá “dar a cara” e assumir as responsabilidades da performance de Portugal no Mundial, o que quer dizer, segundo o Jornal de Notícias, que o seleccionador nacional abandonará o cargo independentemente do resultado de quinta-feira com o Gana.

Depois da conferência de imprensa com o médico Henrique Jones, ontem em Campinas, o vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) Humberto Coelho tentou "apoiar, publicamente, o técnico, mas a verdade é que, por mais de uma vez, deixou escapar alguma insatisfação”.

Uma atitude que terá levado a Paulo Bento a decidir abandonar o cargo de seleccionador nacional, independentemente do jogo de amanhã e depois de assumir as responsabilidades, como já referiu publicamente. 

Nem o facto de ter renovado o contrato até 2016 parece demover o treinador.