Vida

NASA lança satélite para localizar CO2 na Terra

A agência espacial norte-americana pôs em órbita um satélite para observar e medir a concentração de CO2 na Terra, responsável, segundo os climatólogos e outros especialistas da área, pelo aquecimento global no planeta. Essa observação directa vai permitir elaborar uma espécie de mapa da distribuição global de CO2 na atmosfera, situando as regiões de maior concentração e, sobretudo, a origem das emissões. 

As observações vão permitir aos cientistas um conhecimento maior dos ciclos dos gases com efeito de estufa ao longo do planeta. Segundo as estimativas actuais, todos os anos a actividade humana é responsável pelo acréscimo de 40 mil milhões de toneladas de dióxido de carbono na atmosfera. Metade desse valor fica por lá e, ainda segundo os cientistas, a outra metade é absorvida pelos oceanos. Os efeitos deste ‘caldeirão’ são mais rápidos desde a Revolução industrial no século XIX, quando os seres humanos começaram a basear a sua actividade na queima de combustíveis fósseis. Até hoje. 

ricardo.nabais@sol.pt