Cultura

Morreu o escritor Ignacio García Valiño

O escritor espanhol Ignacio García Valiño, nascido em Saragoça, morreu hoje num hospital de Marbella, devido a um tumor cerebral, disse à agência EFE o escritor e crítico literário Antón Castro.

Ignacio García Valiño morreu pelas 08h30 de hoje, em Marbella, onde residia há cerca de uma década, e onde será enterrado.

Além de escritor, Ignacio García Valiño, nascido de 1968, era psicólogo e trabalhava na área da educação.

Nas suas obras, mostrava a sua "obsessão" pela psicologia e as emoções, tendo os seus livros, em certa medida, acabado por ser estudos diferentes sobre o tema.

Ignacio García Valiño começou a escrever muito jovem, tendo em 1993 vencido o prémio Isabel de Portugal com o livro de contos "La caja de música" ("A caixa de música").

Dos vários livros que escreveu, foi editado em Portugal o título "As duas mortes de Sócrates", publicado pela Bizâncio, em 2004.

Lusa/SOL