Internacional

Personalidades portuguesas elogiam Felipe VI

Várias personalidades portuguesas ouvidas pela EFE destacam que o novo rei de Espanha, Felipe VI, que visita segunda-feira Portugal pela primeira vez como monarca, está bem preparado e capacitado para enfrentar os reptos do cargo.

Um dos maiores desafios do novo monarca será manter Espanha como um país unido, segundo Francisco Pinto Balsemão, presidente do conselho de administração do grupo Impresa e amigo de infância do rei Juan Carlos.

"Tem uma missão difícil, mas acredito que está preparado para cumpri-la", disse Pinto Balsemão, em declarações à agência espanhola EFE, que ouviu várias figuras portuguesas por ocasião da visita oficial de Felipe VI e Letizia a Portugal.

O fundador do PSD, que integra o júri dos prémios Príncipe das Astúrias, encontrou-se ao longo dos anos, por diversas vezes, com Felipe VI em eventos públicos, sublinhando que o monarca revela actualmente "uma maturidade" que é visível nos seus discursos cada vez "mais profundos".

Pinto Balsemão está convencido que Felipe VI "tem todas as qualidades e preparação para ser um bom rei de Espanha", acrescentando: "Desejo que isso aconteça, por ele é claro, e por Espanha".

"Não sou monárquico, mas percebo que, para Espanha, a solução monárquica é neste momento indispensável para a unidade que pode transmitir e assegurar", concluiu.

Opinião que é partilhada pelo duque de Bragança e pretendente ao trono português, Duarte Pio, que afirmou à EFE que o reinado de Felipe VI "chega num momento em que a unidade de Espanha está posta em causa". 

Para Duarte Pio, Felipe VI está numa "posição muito difícil" e, como monarca, irá ter uma vida menos cómoda -- em termos de liberdade, de segurança, entre outros aspectos --, sublinhando, no entanto, que o novo rei espanhol está sobejamente preparado.

Um aspecto que é igualmente destacado pelo antigo Presidente da República Jorge Sampaio (1996-2006), que recorda, das ocasiões que esteve com o representante espanhol, ter ficado impressionado com "os seus conhecimentos, curiosidade intelectual e vivacidade".

"Também fiquei impressionado com a sua maturidade e pelo seu modo discreto e afável", indicou o antigo chefe de Estado, destacando ainda que "Felipe VI é um monarca extremamente bem preparado para as funções que acaba de assumir e que saberá encontrar a sabedoria necessária" para enfrentar os reptos do país.

Os reis de Espanha visitam segunda-feira Portugal, na segunda viagem oficial internacional após a proclamação de Felipe VI, encontrando-se com o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, com a presidente do Parlamento e com o primeiro-ministro.

Lusa/SOL