Economia

Pires de Lima com ‘expectativa elevada’ na Colômbia

O ministro da Economia, António Pires de Lima, inicia hoje, com "expectativa elevada", uma visita de dois dias à Colômbia, onde manterá contactos com várias entidades e irá visitar empresas portuguesas presentes no país. 

Pires de Lima com ‘expectativa elevada’ na Colômbia

"Estou com uma expectativa elevada", afirmou à Lusa o ministro, que antes esteve no Peru, onde se encontrou com os ministros dos Transportes, Educação e da Economia e Finanças, e visitou empresas portuguesas presentes no país, como a Mota-Engil, a Pharbal ou a Sangobiar.  

A importância da visita à Colômbia "não passa só pelos contactos que vão ser feitos com potenciais investidores na Europa", disse. 

"Creio que esse é um objectivo claro na nossa ida à Colômbia, de demonstrar o caso de transformação e de sucesso de Portugal e de oportunidade que há no pós-troika para investir em Portugal como porta de entrada para investimentos na Europa".

Além disso, "vamos também com as entidades financeiras perceber como se estão a desenvolver alguns projectos muito importantes de empresas portuguesas que elegeram ao longo dos últimos anos a Colômbia como um mercado prioritário no investimento", não só em termos de infra-estruturas, mas também nas telecomunicações, tecnologias de informação e distribuição, disse o ministro.

Pires de Lima lidera uma comitiva que integra o secretário de Estado do Investimento, Pedro Gonçalves, o presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Miguel Frasquilho, o presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Faria de Oliveira, além de outros representantes da banca portuguesa.

A Mota-Engil e a Jerónimo Martins fazem parte da lista de empresas portuguesas que apostam na Colômbia.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.