Desporto

Singapura também perdeu com a Alemanha

Um anúncio contra a mania de apostar online daquela cidade-estado asiática sofreu também uma derrota humilhante contra a selecção germânica ontem. 

O Comité AntiJogo de Singapura, um organismo governamental responsável por travar os apetites dos apostadores, que chegam a perder milhões todos os anos, apresentou um outdoor onde duas crianças, sentadas após um jogo de futebol, descansam e conversam. 

Uma delas diz: “Espero que a Alemanha ganhe. O meu pai apostou todas as economias neles”. Palavras para quê? A campanha foi pensada para mostrar que quem sofre com os delírios do jogo online não são só os próprios apostadores, são também as famílias deles.

A versão do anúncio em vídeo tornou-se rapidamente viral nas redes sociais. E nem ministros do governo de Singapura resistiram a comentar o que o diário Guardian qualifica como um “autogolo” de marketing: “O Brasil precisa de perceber o que correu mal e eu preciso de encontrar outro publicitário para a campanha contra o jogo”, disse o ministro para o comércio e indústria, responsável por este pelouro, no seu Twitter.

ricardo.nabais@sol.pt