Vida

Acabaram os 15 minutos de fama da menina bonita da Bélgica

Axelle Despiegelaere, a fotogénica adepta da selecção belga que fez furor nas bancadas do Maracanã durante o jogo da Bélgica com a Rússia a 22 de Junho, perdeu o contrato de publicidade com a L’Oréal que tinha assinado esta semana.

Acabaram os 15 minutos de fama da menina bonita da Bélgica

A rapariga de 17 anos foi considerada a adepta mais bonita do Mundial de Futebol nas redes sociais e protagonizava já anúncios para a filial belga da L’Óreal. No entanto, a companhia cosmética revela esta sexta-feira que suspendeu toda a colaboração com a jovem modelo depois de outra imagem de Axelle se ter tornado viral.

Em causa está uma fotografia, publicada a 1 de Julho pela própria Axelle no Facebook, em que a belga aparece com uma arma junto a um antílope que a própria terá abatido.

“Caçar não é uma questão de vida ou de morte. É muito mais importante que isso. Isto foi há um ano. Agora estou preparada para caçar uns americanos, haha!”, lê-se na legenda, numa referência provocatória ao encontro entre os belgas e os norte-americanos, que os europeus venceram.

De imediato, a cosmética demarcou-se de Axelle, mesmo sem referir directamente o acidente: "A L’Oréal da Bélgica colaborou com ela pontualmente para realizar um vídeo para as redes sociais belgas. Mas o contrato já terminou", disse um porta-voz.

A L'Oéal, que é a maior cosmética do mundo, considera os direitos dos animais um assunto altamente sensível. A indústria de beleza é recorrentemente criticada pelo teste de produtos em animais. No entanto, a empresa francesa afirma que não realiza tais testes nem permite que os seus fornecedores e associados o façam.

 

Os comentários estão desactivados.