Desporto

Alemanha tetracampeã mundial | 1-0 (prolongamento)

Alemanha-Argentina 1-0 (prolongamento)

Estádio Maracanã, Rio de Janeiro.

A selfie do momento

 

 

O momento da consagração

 

O melhor jogador do Mundial para a FIFA foi Messi.

 

O melhor guarda-redes foi Neuer.

O melhor marcador foi James. Com seis golos.

 

 

 

O melhor jovem jogador foi Pogba.

 

 

Alemanha campeã do mundo.

 

GOLO

1-0 por Goetze, aos 113'.

 

 

O quê. Eu sou o Messi não preciso de ouvir explicações.

 

 

 

Prolongamento.

Este é já o Mundial com mais prolongamentos (8), igualando o Itália-90.

Romero é um dos responsáveis, não sofre golos há quase 470 minutos.

 

Minuto 56 - Há decisões certas e outras erradas. E há as duas no mesmo lance. Acertou ao não marcar falta de Neuer, errou ao marcar falta de Higuaín. Coitado do argentino.

 

 

 

Cidade maravilhosa.

 

 

Minuto 47 - Deus só pode ser alemão, porque o que Messi falhou é coisa rara.

 

 

 

 

Como é que esta bola não entrou?

 

 

Mesmo antes do intervalo, este tiraço ao poste da baliza de Romero. 

 

 

Higuaín tentou redimir-se de um dos maiores falhanços da história das finais de Mundiais. Mas o golo foi bem anulado.

 

 

 

Minuto 34 - O minuto no qual Höwedes devia ter ido para a rua.

 

 

 

Minuto 21 - O que Higuaín acaba de perder.

 

 

O árbitro viu-se de repente no ecrã gigante e viu que algo estava mal. E penteou-se.

 

 

 

Sim, o Sr. Golo está a titular. 16 golos em quatro Mundiais - recorde histórico. 

A Alemanha foi obrigada a uma alteração de última hora na sua equipa: saiu Khedira, lesionado, entrou Kramer. A Argentina não tem Di María.

 

Ninguém falta à festa. O presidente russo Putin, o líder da FIFA Blatter, a chanceler alemã Merkel e o presidente alemão Gauck.

 

 

 

A Espanha abdicou do trono. Mas com estilo.

 

 

 

 

O que isto deve ter custado aos brasileiros. A festa argentina no Maracanã.

 

Passou o hino da Alemanha e nem Messi nem nenhum argentino fez isto que Maradona fez na final contra a Alemanha em 1990.

 

Equipas

Alemanha

Neuer; Lahm, Boateng, Hummels, Höwedes; Khedira, Schweinsteiger, Toni Kroos; Müller, Klose e Özil.

Argentina

Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay, Rojo; Mascherano, Bigglia, Enzo Pérez; Higuaín, Messi e Lavezzi.

 

Árbitro

Nicola Rizzoli (Itália)

Assistentes

Renato Faverani (Itália)

Andrea Stefani (Itália)

4.º árbitro

Carlos Vera (Equador)

 

TEMPO

Com nuvens
23°C 
1,2m/s vento
65% humidade

 

SOL