Cultura

Primeira 'tira' com personagens da Turma da Mónica saiu há 55 anos

Há 55 anos foi lançada na Folha da Manhã, um jornal de São Paulo, Brasil, a primeira 'tira' do que viria a ser a famosa Turma da Mónica. Nesta, as personagens principais – e as únicas existentes na altura – eram o cão azul Bidú e o seu dono Franjinha.

A estes heróis, Maurício de Sousa decidiu juntaram, em 1961, Cebolinha e Cascão, dois amigos com características muito peculiares – Cebolinha não conseguia dizer os ‘R’ e Cascão não podia ver água à frente.

Para preencher o ‘vazio feminino’ nas suas histórias, o autor brasileiro decidiu criar Mónica, uma personagem inspirada na sua filha, que não largava Sansão, o seu coelhinho de peluche, e que não tinha medo de fazer frente aos rapazes, que estavam sempre a gozar com a sua aparência física e com a sua força.

Ao longo dos anos, foram muitas as personagens que foram criadas: a comilona Magali, a artista Marina, o divertido Astronauta, o carinhoso Anjinho, entre muitos outros. Foram tantas, que Maurício de Sousa decidiu criar outras turmas: A do Penadinho (que vive num cemitério), a de Piteco (que animou a Idade da Pedra) e a do Jotalhão (que habita no meio da selva), entre outras.

As revistas da Turma da Mónica têm vindo a conquistar o coração de várias gerações e, para se adaptarem aos tempos modernos – Maurício de Sousa decidiu criar, em 2009, a versão adolescente destas crianças. Para muitos foi um choque ver a pequena Mónica a usar uma mini-saia, para outros este novo design faz parte do crescimento das personagens. 

joana.alves@sol.pt