Economia

Receitas de portagens superam os 145 milhões de euros

Nos primeiros seis meses do ano as receitas da Estradas de Portugal provenientes das portagens aumentaram 9,3%, para 145 milhões de euros.


Em comunicado a empresa liderada por António Ramalho justifica esta subida com o facto de ter “mais clientes e maior eficiência na cobrança”.

Em comparação ao mesmo período do ano passado, este crescimento (9%) representou um encaixe de mais 12 milhões de euros nos cofres da Estradas de Portugal, tendo em conta que no primeiro semestre de 2013 as receitas da empresa atingiram cerca de 132 milhões de euros.

O Governo está a desenvolver a fusão entre a Estradas de Portugal e a Refer. E segundo o ministro da Economia, António Pires de Lima, a operação irá permitir uma poupança de 50 milhões de euros no próximo ano.

A nova empresa vai designar-se Infra-estruturas de Portugal.

sara.ribeiro@sol.pt

Os comentários estão desactivados.