Sociedade

Menos 641 vagas na primeira fase do que em 2013

Os estudantes que vão candidatar-se ao ensino superior a partir de amanhã têm, este ano, menos vagas disponíveis nas universidades e politécnicos. No geral, há 50820 lugares na primeira fase do concurso nacional de acesso, menos 641 do que no ano passado.

As universidades continuam a absorver 56% das vagas do ensino superior (mais um ponto percentual em relação a 2013), enquanto os politécnicos ficam com 44% dos lugares (menos um ponto percentual em relação a 2013).

Os dados divulgados pela Direção-geral do Ensino Superior mostram ainda que a área das Engenharias continua a ser a que mais vagas disponibiliza em todo o universo do superior, registando 17,5% da oferta. Logo a seguir, vêm os cursos de Ciências Empresariais, com 15,3% das vagas disponíveis. A Saúde surge em terceiro lugar, com 13% dos lugares.

O curso que mais lugares tem é o de Direito na Universidade de Lisboa: 480, seguindo-se o da Universidade de Coimbra com 320.

Para Medicina abrem 1441 vagas em todo o País, sendo que a Universidade que mais lugares dispõe é a de Lisboa (295), seguindo-se a de Coimbra (255). As duas instituições do Porto abrem no total 400 vagas.

rita.carvalho@sol.pt