Vida

Novo preservativo 'mata' vírus da sida

As autoridades australianas aprovaram um novo preservativo capaz de eliminar quase totalmente doenças sexualmente transmissíveis graças a um composto adicionado ao lubrificante do contraceptivo.

Este composto, de nome VivaGel, contém propriedades antibacterianas e antivirais que anulam até 99.9% dos vírus que estão na base de doenças como a sida (VIH), herpes e papiloma vírus.

Refira-se, contudo, que o uso do preservativo não cura a sida. Apenas reforça a prevenção do contágio da doença.

Os preservativos resultam de uma parceria entre a empresa de biotecnologia australiana Starpharma – que criou o gel – e a Ansell – que fabrica os preservativos que devem estar disponíveis na Austrália nos próximos meses.

Segundo dados revelados na terça-feira na conferência internacional sobre a doença que decorre na Austrália, o número de pessoas com VIH/sida em todo o mundo é 18,7% menor do que o calculado pela ONU/Sida em 2012.