Desporto

Portugal está na final do Europeu de sub-19

A Selecção portuguesa derrotou na segunda-feira a Sérvia no desempate por grandes penalidades da meia-final do Europeu de Sub-19, a decorrer na Hungria. Um desfecho feliz após empate sem golos que permitiu à equipa de Hélio Sousa vingar-se da derrota sofrida frente aos sérvios, também em grandes penalidades, nas meias-finais do ano passado.

“Não se trata de uma vingança”, garantiu o técnico português, que na carreira de jogador se sagrou campeão do Mundo de Sub-20 em 1989, na Arábia Saudita. “Podíamos ter vencido antes mas a Sérvia também podia ter ganho”, reconheceu o técnico português, depois de elogiar os seus jogadores “por terem capacidade para, ao fim de 120 minutos, terem boas decisões e executar penáltis com qualidade e capacidade”.

Tiago Sá, guarda-redes que entrou durante o prolongamento para o lugar do lesionado André Moreira, acabou por ser o herói ao defender o remate de Sergej Milinković-Savić. Era já o sexto penálti da Sérvia, uma vez que durante a série inicial de cinco grandes penalidades Tomás Podstawski desperdiçara a liderança que Portugal cedo alcançara com o falhanço inicial de Mijat Gačinović.

Na quinta-feira, às 18h, a Selecção Nacional volta às grandes finais da competição, que não disputa desde 2003. Pela frente terá a favorita Alemanha, que na outra meia-final derrotou a Áustria com quatro golos sem resposta. A geração de ‘Rony’ Lopes, Gelson Martins, Ivo Rodrigues e André Silva – que com cinco golos na prova disputa o título de melhor marcador com o alemão Davie Selke (6 golos) – pode trazer de volta a Portugal um título que foge desde 1999.

nuno.e.lima@sol.pt