Internacional

Hamas vai 'pagar um preço intolerável' de continuar a atacar Israel

O primeiro-ministro israelita anunciou este sábado que o Hamas irá “pagar um preço intolerável” se continuar a disparar rockets contra Israel. No entanto, Netanyahu deu a entender que poderá reconsiderar a actuação de Israel em Gaza assim que as suas tropas destruam os túneis do Hamas existentes na fronteira com o seu país.

Netanyahu afirmou que prefere uma solução diplomática para o conflito em Gaza, mas confirma que irá manter todas as opções militares em aberto para assegurar a protecção do povo israelita.

O líder de Israel falava após 26 dias de conflito entre aquele Estado e o Hamas, do qual já resultaram 1650 mortos palestinianos, a maior parte civis.