Vida

Morreu o último urso polar de África

Um urso polar do zoo de Joanesburgo, África do Sul, foi abatido devido a vários problemas de saúde surgidos após a morte do seu companheiro.

Wang, de 28 anos, nascido num zoo japonês, recebia atenção especial dos tratadores desde a morte, em Janeiro, de GeeBee, com quem estava junto desde os três meses de vida.

A amizade entre Wang e GeeBee era considerada invulgar, uma vez que os ursos polares tendem a ser solitários por vontade própria.

Wang era o último urso polar registado em África após a partida do seu companheiro, uma perda que terá precipitado a doença. Enfrentava graves problemas cardíacos e hepáticos.

“Foi uma decisão muito dura de tomar”, afirmou o veterinário-chefe do zoo, justificando a opção pela eutanásia com o sofrimento sentido pelo animal.