Economia

Há 71 fundos de investimento com aplicações ‘Espírito Santo’

A Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM) revelou hoje que 71 fundos de investimento em Portugal têm nas suas carteiras produtos financeiros emitidos pelo Grupo Espírito Santo e pelo BES, com uma exposição agregada de cerca de 205 milhões de euros. A maior parte destes investimentos vai passar para o Novo Banco, pelo que apenas uma minoria terá de registar perdas.

Os dados reportam a 31 de Julho de 2014 e, segundo a CMVM, representam apenas 1,6% dos activos sob gestão no país. Existem de 241 fundos de investimento mobiliários domiciliados em Portugal, com um valor global sob gestão de cerca de 12.633 milhões de euros.

O organismo de supervisão detalha que 180,6 milhões de euros são relativa a dívida emitida pelo Grupo BES,  sete milhões relativos a dívida emitida pelo Grupo GES (ESFG, Rio Forte e ESFIL), 1,2  milhões a acções do BES e 15,9 milhões de euros relativa a acções ES Saúde e ESFG.

“Importa salientar que 136 milhões de euros da dívida emitida pelo Grupo BES que integrava as carteiras de fundos de investimento, à data de 31 de Julho, foi transferida para o Novo Banco”, salienta a CMVM, indicando neste caso não haverá perdas. A restante dívida ficou no BES, que ficou com activos problemáticos, e deverá haver perdas.

joao.madeira@sol.pt