Internacional

EUA proíbem passagem de aviões na Síria

A agência federal de aviação (FAA) dos Estados Unidos proibiu, esta segunda-feira, a passagem de voos comerciais de companhias norte-americanas sobre o território sírio, devido ao conflito armado que afecta o país desde 2011.

"É sabido que os grupos extremistas armados na Síria estão equipados com misseis antiaéreos que podem representar uma ameaça para a aviação civil", declarou a FAA, que também já tinha proibido, no dia oito de Agosto, os aviões de sobrevoarem o território iraquiano por causa da invasão islamista radical do ISIL naquele país.

Prova de que o perigo é real, acrescentou a FAA que "os grupos rebeldes já conseguiram derrubar aviões militares sírios durante o conflito".

A proibição estende-se a "todas as companhias americanas e a todos os operadores comerciais", concluiu, sem precisar o número de aviões afectados pela medida.

Tanto a Síria como o Iraque são ponto de passagem de rotas entre a Europa e o Médio Oriente ou a Ásia.