Cultura

Isto e o seu contrário

De cima do muro, Humpty Dumpty garante a Alice que, em cada ano, existem 364 dias em que podemos receber presentes de desaniversário. O argumento é razoável: se existe o que existe, então terá de existir também o que não existe, caso contrário o que existe não existiria. Se existe um dia de aniversário, existem também 364 dias de desaniversário. Oh, que curioso, hoje também calha no seu?! Então, merece que lhe ofereçam este Cláudio e Constantino: uma “novela rústica em paradoxos”, ou antes um romance delicioso criado por Luísa Costa Gomes a partir de confrontos filosóficos entre verdade e especulação, alguns velhinhos de há 25 séculos.


O Constantino deste livro parece herdeiro de um outro, guardador de vacas, criado por Alves Redol. Os dois têm 12 anos e perseguem sonhos e pensamentos fantasiosos, o primeiro a bordo de um bote de canas, o segundo a dado passo num cruzeiro para a Taprobana. No começo da história (ou logo depois do começo do começo), Constantino e o irmão mais novo, Cláudio, estiveram tão entretidos a dar banho aos pintos no celeiro do Mirandolino que se esqueceram da hora de regresso a casa. Agora, estão sozinhos no escuro, à procura do melhor caminho. O que fazer? “Encontrar um ponto de referência 'por exemplo'. Em vez de 'por acaso'“. Constantino, bem mais especulativo e teatral do que o irmão, pode não chegar a resolver as questões, mas nunca larga o leme das reticências e possibilidades.
Cláudio e Constantino é mais um exemplo da imaginação virtuosa e do arrojo e segurança técnicos de Luísa Costa Gomes, comprováveis em 32 anos de um percurso de excepção como romancista, contista, tradutora, guionista, cronista ou dramaturga. Neste caso, sobressai a eficácia das situações e dos diálogos criados para ilustrar inúmeros paradoxos, dilemas ou falácias famosos, sempre com recurso ao registo paródico e humorístico e à intertextualidade e numa linguagem cuidadíssima. Na casa grande e abastada da família, cheia de afecto e de vida e de temperamentos e nomes curiosos, Cláudio e Constantino vivem ou sonham maravilhosas aventuras de dúvida e descoberta. Neste romance, cabe mesmo tudo, para todas as idades.

Livro: Cláudio e Constantino

Autora: Luísa Costa Gomes
Editora: Dom Quixote
222 págs
Preço: 14.90 euros