Internacional

Irmã dos bombistas da maratona de Boston foi detida

A irmã dos bombistas da maratona de Boston foi detida, esta quarta-feira, por suspeita de ameaçada de bomba à ex-namorada do seu actual companheiro.

As autoridades referem que Ailina Tsarnaeva, residente em North Bergen (Nova Jérsia), ameaçou por telefone uma mulher, na passada segunda-feira. “Tenho pessoas que podem ir aí e pôr-te uma bomba”, terá dito a jovem de 24 anos, segundo os média norte-americanos.

A mulher, residente em Manhattan, fez queixa à polícia e Ailina acabou por entregar-se numa esquadra em Nova Iorque. Foi libertada mas está acusada de assédio agravado e será presente a tribunal no próximo dia 30.

Tamerlan e Dzhokhar Tsarnaeva, irmãos de Ailina, foram acusados de fabricarem e colocarem bombas na meta da maratona de Boston a 15 de Abril de 2013. Um atentado que custou a vida a três pessoas e feriu mais de 260.

Tamerlan faleceu numa troca de tiros com a polícia quando tentava fugir, a 19 de Abril. Dzhokhar foi capturado, está acusado de mais de 30 crimes e pode ser condenado à morte.