Politica

Seguro propõe 8 de Setembro para primeiro debate com Costa

A candidatura de António José Seguro às primárias do PS propôs hoje o dia 8 de Setembro para a realização do primeiro debate com António Costa, realizando-se os seguintes nas datas acordadas, 9 e 23 de Setembro.

"Da nova proposta apresentada, conclui-se que António Costa não tem disponibilidade para debater antes do dia 5 de Setembro, recusando por isso as datas do dia 3 e do dia 4 de Setembro, propostas na reunião de segunda-feira. O dia 5 de Setembro é uma sexta-feira, um dos dias da semana com menor audiência televisiva. Pior, no dia 5 de Setembro realizam-se eleições para os presidentes das federações do PS, funcionando a maior parte das assembleias de voto durante o previsível horário do debate", diz missiva enviada à agência Lusa pela candidatura de Seguro.

No texto, assinado por João Proença, director de campanha da candidatura de António José Seguro, é dito que foi solicitada à Comissão Eleitoral das primárias "urgência na fixação definitiva da data do primeiro debate, dado que as restantes já estão fixadas, para que este processo não prejudique mais a agenda e o planeamento" da campanha de esclarecimento.

A candidatura de António Costa tinha informado, minutos antes, que aceitara a proposta de regulamento, datas e regras apresentada pelo presidente da Comissão Eleitoral das primárias, Jorge Coelho, com debates televisivos a 5, 9 e 23 de Setembro.

João Proença, director de campanha de Seguro, sublinha que a candidatura do secretário-geral socialista considera que 45 minutos de debate "é o tempo mínimo aceitável para esclarecer os portugueses", embora o acordado tenha sido 35 minutos.

"Aceitámos desde o início esse tempo mínimo porque queremos que os debates se realizem. Para a nossa candidatura, o tempo ideal deveria ser superior a 45 minutos, para que os debates fossem de esclarecimento e de aprofundamento das propostas e das posições dos candidatos. Infelizmente, António Costa quer debates a despachar e por isso propôs 25 minutos", acusa a candidatura de Seguro.

De todo o modo, e mesmo lamentando "profundamente que os debates tenham apenas a duração de 35 minutos", cenário que "prejudica o esclarecimento e o aprofundamento da discussão", João Proença diz que se "essa é a única condição para haver debates, António José Seguro marcará presença" nos mesmos.

A candidatura de António Costa diz também que a realização do primeiro debate a dia 5 de Setembro não é "a melhor solução, mas a solução possível" que Costa aceita a "benefício de um consenso", refere um comunicado da candidatura do autarca de Lisboa.

De acordo com o regulamento das primárias estava definido que, "sem prejuízo de quaisquer iniciativas de debate que venham a ser livremente acordadas pelas candidaturas, a Comissão Eleitoral assegura junto dos meios de comunicação nacional a realização de, pelo menos, três debates públicos televisivos entre os candidatos, durante o período destinado à campanha eleitoral".

António José Seguro e António Costa disputam a 28 de Setembro eleições primárias para escolher o candidato do PS a primeiro-ministro.

A Lusa confirmou junto da Comissão Eleitoral das primárias que as datas de 9 e 23 de Setembro estão fechadas, faltando ainda definir em concreto quando será realizado o primeiro debate entre os dois candidatos.

Lusa/SOL