Economia

Pequena cidade americana contra gigante das cervejas Bud

O plano está a ser desenhado há meses e começou lentamente a ser revelado: a Bud, uma das maiores marcas de cerveja do mundo, pretende levar milhares de pessoas para uma festa numa pequena cidade americana, não revelando qual. Mas os habitantes de Crested Butte, no Colorado, descobriram que é na sua cidade e pretendem ‘acabar com a festa’, que pode estragar a mega campanha de publicidade e marketing da empresa.

Tudo começou com um anúncio da Bud Light prometendo uma festa de arromba em ‘WhateverUSA’ (que neste caso se pode traduzir por ‘qualquer coisa EUA’), pintando a cidade de azul durante três dias (5 a 7 de Setembro), e mostrando que aquela cerveja “está pronta para qualquer coisa”. Foi criado um site para todos os que se quisessem inscrever e concorreram às mil vagas mais de 100 mil pessoas.

Acontece que os cerca de 1.500 habitantes da pacata cidade de Crested Butte, no Colorado – conhecida pelo ski, BTT e passeios ao ar livre – perceberam que a festa estava a ser preparada para ali, com cartazes a serem erguidos e espaços públicos a ficarem vedados de repente, e não acharam muita piada. Principalmente quando descobriram que o Conselho Municipal tinha aceitado o acordo com a multinacional Anheuser-Busch Inbev, dona da Bud, sem consultar a população.

Depois de muitos protestos, o Conselho Municipal decidiu ouvir ao longo desta semana as reclamações dos moradores e irá decidir se mantém a autorização dada à Bud Light ou não.

Se cancelar a festa, é um duro revés para a estratégia de marketing da empresa, que previa continuar a capitalizar os efeitos desta megafesta nos próximos meses, com anúncios feitos através de filmagens realizadas durante o fim-de-semana. Afinal não estava pronta para qualquer coisa.

emanuel.costa@sol.pt