Sociedade

Urgência de Ginecologia e Obstetrícia reabre no Hospital das Caldas da Rainha

A Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital das Caldas da Rainha, encerrada desde quarta-feira, foi hoje reaberta, anunciou a administração do Centro Hospitalar do Oeste.

"Foi possível normalizar o funcionamento da Urgência desse serviço [de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital das Caldas da Rainha] desde as 15h00 de hoje", informou o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) em comunicado.

De acordo com o CHO, a solução para a falta de médicos, que levou ao encerramento das urgências foi encontrada "na sequência de várias diligências realizadas nos últimos dias, e graças à colaboração e acordo dos profissionais do serviço de Ginecologia e Obstetrícia".

A urgência de Ginecologia e Obstetrícia estava encerrada desde quarta-feira por "falta de recursos humanos" para assegurar o seu funcionamento.

A previsão do conselho de administração era de que o encerramento se mantivesse "até às 09h00 do próximo dia 2 de Setembro", sendo as utentes daquele serviço "transferidas para o hospital de referência, o Centro Hospitalar Lisboa Norte".

O encerramento das urgências tinha sido proposto pela direcção do serviço de Ginecologia e Obstetrícia, devido à falta e de médicos suficientes para manter o seu funcionamento, dado alguns dos sete clínicos se encontrarem de férias e dois de baixa médica.

A reorganização dos serviços permitiu, no entanto, antecipar a reabertura das urgências obstétricas "garantindo desta forma a segurança e qualidade na prestação de cuidados às utentes deste Centro Hospitalar", concluiu o comunicado.

Lusa/SOL