Politica

Universidade de Verão do PSD arranca em Castelo de Vide

A Universidade de Verão do PSD, que marca a 'rentrée' do partido depois das férias, arranca hoje em Castelo de Vide, e termina no próximo domingo, com uma intervenção de Pedro Passos Coelho.

A sessão de abertura está marcada para as 18h00, com intervenções do director da Universidade de Verão, o eurodeputado Carlos Coelho, do deputado e líder da JSD, Hugo Soares, do secretário-geral do PSD, José Matos Rosa, e do vice-presidente e coordenador da Comissão Política Nacional do partido, Marco António Costa. 

Os trabalhos do primeiro dia terminam com um jantar com o presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide, António Nobre Pitta.

Durante a semana, os alunos da 12.ª edição da Universidade de Verão do PSD - cerca de uma centena e com uma média de idades a rondar os 23 anos - terão oportunidade de ouvir, por exemplo, um debate sobre as clivagens entre esquerda e direita, entre o ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, e o líder do partido Livre, Rui Tavares, e palestras do  sociólogo António Barreto ou do ex-ministro socialista António Vitorino, entre outros.

O eurodeputado Paulo Rangel, os ex-ministros Daniel Bessa e Leonor Beleza e o antigo presidente do PSD Marcelo Rebelo de Sousa serão outros dos oradores em Castelo de Vide.

Além de Poiares Maduro, outros dois ministros do actual Governo intervirão nesta iniciativa dedicada à formação de jovens quadros: Maria Luís Albuquerque, ministra de Estado e das Finanças, e o ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, ambos no sábado.

Finalmente, no domingo, dia 7 de Setembro, será a vez do presidente do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, encerrar os trabalhos da Universidade de Verão por volta da hora de almoço.

Lusa/SOL