Economia

Assembleia-geral da PT reúne 46% do capital accionista

A assembleia-geral que vai decidir a fusão entre a Portugal Telecom e a brasileira Oi já está a decorrer. Neste momento, a sala onde está a decorrer a reunião, em Lisboa, reúne 46% do capital accionista. Os restantes votos poderão ser efectuados por via electrónica.

Assembleia-geral da PT reúne 46% do capital accionista

Henrique Granadeiro, presidente executivo da PT demissionário, está na assembleia-geral, mas escusou-se a fazer qualquer comentário, à chegada. O gestor, a par com o administrador financeiro Pacheco de Melo, assinou um polémico investimento na Rioforte, do grupo Espírito Santo.

Esta aplicação levou a Oi e a PT a reverem o memorando da fusão, que implicou a redução da participação portuguesa de 38% para 25,6%. Porém, a PT fica com a possibilidade de aumentar essa posição no prazo de seis anos.

Os comentários estão desactivados.