Tecnologia

Um doodle espectacular para celebrar a obra de Leão Tolstoi

No primeiro baile de Natasha Rostova que é também o início do seu romance com o príncipe André Bolkonsky, este conta-lhe que em tempos a ouviu desabafar à varanda numa noite de luar. Ana Karenina, na estação de comboios de Moscovo, conhece o conde Vronsky, que virá a ser o seu amante. Vasya, o filho do juiz Ivan Ilitch aproxima-se do seu leito de morte no que levará a um momento fundamental de passagem das trevas para a luz.

Um doodle espectacular para celebrar a obra de Leão Tolstoi

São trechos de, respectivamente, ‘Guerra e Paz’, ‘Ana Karenina’ e ‘A morte de Ivan Ilitch’, três obras primas do escritor russo Leão Tolstoi, representados num doodle que assinala o 186º aniversário do seu nascimento.

Um doodle belíssimo, que a Google levou a todo o planeta e que foi ilustrado por Roman Muradov, um russo com trabalhos publicados no jornal New York Times ou na revista New Yorker e que vive em San Francisco, nos EUA.

“Espero que este doodle inspire quem o veja a descobrir e a revisitar estas cenas da forma que desejaria Tolstoi: através da leitura e re-leitura das suas narrativas intemporais” escreve Muradov numa página da Google (em inglês) onde se explica o doodle.

“Pareceu apropriado o foco no dualismo, tema central de Tolstoi, e o destaque das suas nuances estilísticas através do ritmo das sequências - a lua quase cheia contra a noite quase sem estrelas, o vermelho da bolsa de Ana, as cortinas fatais de Ivan que se interpõem entre ele e a luz do seu despertar espiritual”, acrescenta. E diz que quando voltou a ler Tolstoi ficou surpreendido com a “robustez e modernidade do seu estilo”.

Quem não está com vontade de (re)ler estes clássicos dos clássicos? Para quem já não apanhou o doodle online, aqui fica o vídeo.

teresa.oliveira@sol.pt

 

Os comentários estão desactivados.