Tecnologia

Kaspersky, aposta na segurança

A Kaspersky juntou a imprensa em Madrid para apresentação dos seus produtos. A marca é perita em matéria de segurança para PC e dispositivos, smartphones ou tablets. 

Apesar de a segurança ser um ponto tão em voga nos dias que correm - são ataques e invasões de privacidade,  exposições que os usuários desconhecem ou que por vezes negligenciam - 79% dos europeus utilizam mais que um dispositivo nas suas investidas online, mas apenas 49% dos smartphones e tablet estão protegidos, enquanto que 94% dos PC já utilizam soluções de protecção.

Ponto crítico são as aplicações a que se acede e exigem medidas de segurança: 68% utiliza aplicações bancárias e 69% compra online e expõe dados. De notar que diariamente são detectadas 315.000 novas amostras maliciosas.

Segundo a marca, nos últimos cinco anos impôs-se esta necessidade. Foi uma revolução, um auge de dispositivos que surgiram com acesso ilimitado. E é aqui que entra a necessidade de segurança, porque todas estas novas aplicações são oportunidades para hackers, com invasão, obtenção ilícita de dados ou burlas monetárias, entre os maiores crimes.  43% dos utilizadores foram lesados: 61% perdeu um valor inferior a 76€, 25% entre 76€ e 190€ e 15% entre 190€ a 1500€. São números alarmantes, divulgados pela marca que apresenta novas propostas para evitar estes riscos.

Denominam-se Kaspersky anti-virus 2015, Kaspersky Internet security 2015 e Kaspersky multi dispositivo 2015, soluções que pretendem ir de encontro a todas as plataformas, suportando Windows,  OS X e Android. Como principais novidades trazem a proteção webcam , Cryptomalware e notificação de segurança WiFi. 

No caso das webcam,  está em causa a sua utilização indevida por software capaz de captar imagens de documentos confidenciais ou até dados bancários. A aplicação avisa o utilizador e, caso seja necessário, bloqueia o acesso das aplicações à webcam.

Outro caso drástico é o bloqueio - e por vezes encriptação - de ficheiros por meios maliciosos. A exigência de resgate é prática usual,  sendo imposto ao utilizador um pagamento a troco dos conteúdos cativos. Para estes casos, a Kaspersky Lab desenvolveu uma aplicação que analisa todos os processos que estão em execução. Complementa com uma cópia de segurança, quando um programa tenta fazer uma alteração ou encriptação de um ficheiro, salvaguardando sempre os dados. 

Por fim a notificação WiFi, que avisa quando exista uma potencial ameaça ou até transmissão de uma password não segura. São disponibilizadas recomendações de utilização e configuração.

Factor importante é o controlo parental. Aqui a marca possibilita o controlo sobre o tempo que os menores despendem para navegar,  quais os sites permitidos e até jogos. Há uma divisão por categorias e idade de utilização.

Finalmente, a tecnologia anti-roubo bloqueia o dispositivo remotamente, localiza-o por GPS, GSM e WIFI e consegue captar imagem provenientes do aparelho roubado.

A Kaspersky complementa a oferta com actualizações e melhorias automáticas,  módulo Safe money para proteger transações monetárias (com bloqueio de aplicações terceiras que tentem aceder) e tecnologia anti-phishing que ajuda a evitar páginas web não desejadas, incluindo uma base de dados na nuvem.

oscar.rocha@sol.pt