Economia

Desde 2007, mais de meio milhão andaram no funicular que liga Viana a Santa Luzia

O elevador de Santa Luzia, em Viana do Castelo, que em Junho completou 91 anos de funcionamento, já transportou quase 600 mil pessoas desde 2007 após seis anos de abandono.

De acordo com números fornecidos neste domingo pela autarquia, desde 2007, ano em que foi alvo de obras de reabilitação no valor de cerca de 2,5 milhões de euros, o elevador já transportou 575.736 passageiros.

Este Verão, durante os meses de Junho, Julho e Agosto o funicular, como também é conhecido, transportou mais de 50.355 mil pessoas.

Em Junho o elevador, propriedade da Câmara Municipal, que liga a cidade ao topo da montanha de Santa Luzia foi o meio de transporte escolhido por 8.619 passageiros. Em Julho o número aumento para os 13.652 e em Agosto atingiu os 28.084 passageiros.

De acordo com a autarquia, o público que utiliza o equipamento é diversificado desde turistas, a crianças de jardim-de-infância e de escolas básicas do concelho, mas também reformados.

O equipamento emblemático tem um percurso de 650 metros que leva cerca de oito minutos a completar, é considerado o mais extenso do país.

No ano passado, o Elevador de Santa Luzia conquistou o prémio "Infraestrutura Ferroviária do Ano 2013", atribuído pela Luisfer - Estudos e Realizações Ferroviárias, entidade que envolve a CP Entusiastas, pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento dos Sistemas Integrados de Transportes e pela Associação Portuguesa dos Amigos dos Caminhos de Ferro.

Esteve abandonado entre 2001 e 2007, até que a autarquia investiu 2,5 milhões de euros na sua aquisição e reabilitação.
Foram compradas duas carruagens novas, foi remodelada a linha e as estações, além da construção de um passeio ao longo de toda a via para facilitar o acesso pedonal em situações de emergência.

Cada uma das duas carruagens tem capacidade para 25 pessoas, 11 das quais sentadas, sendo a viagem realizado a uma velocidade de dois metros por segundo.

Com 160 metros de desnível e 25% de inclinação média, o elevador de Santa Luzia dispõe agora de três fontes de energia diferentes (eléctrica, gerador e bateria) e de quatro sistemas de travagem, sendo a segurança precisamente uma das características da renovação realizada.

Foi inaugurado a 2 de Junho de 1923 e é uma das formas de aceder ao santuário. Além do acesso automóvel, é também possível chegar ao topo de Santa Luzia pelos cerca de 650 degraus do escadório, quase paralelo ao elevador.

SOL/Lusa