Vida

Restaurante inspira-se nas últimas refeições de condenados à morte

Um grupo de pessoas decidiu criar um evento original e controverso. A ideia era criar um pop-up restaurant no qual seriam vendidos pratos inspirados nas últimas refeições de prisioneiros condenados à morte.


O espaço, que estaria aberto apenas durante umas noites do mês de Outubro na Hoxton Square, em East London, iria cobrar 50 pounds (cerca de 63 euros) pela sua “última refeição”, como está escrito na descrição do evento.

A ideia foi promovia com fotografias de pessoas alegadamente condenadas à morte com tabletas penduradas ao pescoço que descrevem os pratos que comeram antes de morrer.

No entanto, há quem não esteja a gostar da ideia e se oponha à abertura do Death Row Dinners (Jantares do Corredor da Morte, em português). Os organizadores já estão a voltar atrás na ideia, devido às duras críticas de quem têm sido alvo na internet. 

“Estamos chocados e tristes com as respostas que obtivemos em relação ao lançamento do Death Row Dinners. Pedimos desculpa às pessoas que ofendemos”, escreveram no seu site

“Tendo em conta o vosso feedback, vamos reunir e decidir o que vamos fazer. Iremos comunicar a nossa decisão brevemente”, concluíram.

joana.alves@sol.pt 

Os comentários estão desactivados.