Desporto

Mourinho responde a Jesus: "Não leio Dumas, mas não dou pontapés na gramática"

A troca de palavra entre Jorge Jesus e José Mourinho está a tornar-se cada vez mais agressiva. O treinador do Chelsea respondeu nesta quinta-feira, em entrevista na TVI, a Jorge Jesus, que tinha desvalorizado o interesse de clubes ingleses em Talisca, cobiça essa revelada por Mourinho.

"Vou ser mais explícito para os menos inteligentes... O Benfica tem uma boa estrutura de prospecção, um presidente com a capacidade de dar ao seu treinador bons plantéis. Não gostei de um colega de profissão ter duvidado das minhas palavras mas fico contente por perceber que lê Alexandre Dumas, ao contrário de mim, que por estar fora, leio a gramática portuguesa", afirmou Mourinho durante a entrevista, citada pelo Record.

"Parece-me que é íntimo com o D'Artagnan. Anda a ler Alexandre Dumas. Admiro-o por isso. Eu limito-me à minha identidade própria. Não leio Dumas. Tenho uma vida diferente, um nível cultural diferente, procuro educar-me para mais tarde não ser acusado de andar aos pontapés e a agredir a pobre gramática", acrescentou.

José Mourinho emitiu no domingo passado a sua opinião sobre Talisca, o médio contratado pelos "encarnados" esta época: “Acho que o Benfica contratou bem… Dizem que [o jogador] é desconhecido, mas é tão desconhecido que só não está a jogar em Inglaterra porque não tem licença de trabalho”.

Em resposta, Jorge Jesus elogiou o valor do jogador e respondeu de forma irónica às declarações do treinador do Chelsea:  "Talisca é um jovem e se o Benfica chegou primeiro, mais uma vez demonstra que tem qualidade naquilo que faz. Para mim, pelos jogos que fez no Brasil, conheciam tanto o Talisca como eu conhecia o D'Artagnan”.

SOL