Cultura

Um cheirinho do ‘rio sem fim’ dos Pink Floyd

Falta mais de um mês e meio para estar à venda (10 de Novembro), mas os fãs dos Pink Floyd já podem desde hoje encomendar o último disco do grupo britânico, “Endless River”, bem como apreciar a respectiva capa.


“Endless River” é sobretudo uma homenagem ao teclista Rick Wright, falecido em 2008, como disse o baterista Nick Mason à editora parlophone. “Julgo que este disco é uma forma adequada de reconhecer o muito que ele fez e como a sua maneira de tocar esteve no cerne do som Pink Floyd. Quando ouvi as gravações das sessões de estúdio não pude deixar de pensar que ele era um músico muito especial”.

Rick Wright foi despedido do grupo em 1979, durante as gravações de “The Wall” pelo então líder Roger Waters, tendo sido readmitido anos mais tarde quando Waters prosseguiu a solo.

“Endless River” foi produzido por David Gilmour, Phil Manzanera, Youth e Andy Jackson a partir de 20 horas de gravações para o anterior disco de originais do grupo “The Division Bell”, de 1993. Foram introduzidas partes novas e outras foram regravadas, resultando num disco instrumental, à excepção de uma canção que encerra o disco, ‘Louder than Words’, com letra de Polly Samson (mulher de Gilmour).

A partir de 10 de Novembro “Endless River” estará à venda em quatro edições: CD, CD+DVD, CD+Blu-Ray e vinil.

A imagem da capa do disco é da autoria de Ahmed Emad Eldin, um egípcio de 18 anos.

cesar.avo@sol.pt