Politica

Crato recebido com protestos em Santa Maria da Feira

Cerca de 60 professores manifestaram-se nesta sexta-feira junto na Escola EB 2,3 Fernando Pessoa, em Santa Maria da Feira, durante a visita do ministro da Ciência e Educação, Nuno Crato, que inaugurou o edifício.


Gritando palavras de ordem, os manifestantes exigiam a demissão de Nuno Crato pela “incompetência que tem demonstrado”, disse Ricardo Cardoso, dirigente do Sindicato dos Professores do Norte e docente naquela escola.

“O ministro demonstra intenção clara de destruir a escola pública e fazer vida negra aos professores”, afirmou Ricardo Cardoso.

Segundo o dirigente sindical, “caso não se demita, o mínimo que [o ministro da Educação] pode fazer é anular ou refazer o concurso [de colocação de professores] considerando só a graduação profissional e não esta embrulhada da fórmula matemática que estava errada”.

“Crato rua, a escola não é tua” e “inaugurações fazem-se ao sábado que à semana os miúdos têm de ter escola” eram algumas das frases que os manifestantes gritavam.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.