Vida

Quem escrever mais versos de Dylan em estudos ganha

A aposta é tão inusitada quanto original. Vários grupos de cientistas do Instituto Karolinska (Suécia) integram um verso de Bob Dylan nos títulos de estudos científicos – sérios – que vêm publicando desde 1997. Quem citar mais vezes o cantautor americano nos títulos ganha um almoço à borla no restaurante próximo do instituto.

Tudo começou, então, há 17 anos, quando Jon Lundberg e Eddie Weitzberg publicaram um trabalho a propósito dos efeitos do óxido nítrico nos tractos respiratório e intestinal. Nada mais distante do universo de Dylan, portanto. O título rezava assim: ‘Nitric Oxide and Inflammation: The Answer Is Blowing In the Wind’ (Óxido Nítrico e Inflamação: a Resposta está no Vento, se fizermos uma tradução à letra).

A notícia foi-se espalhando no Karolinska – por sinal, uma instituição bastante respeitável, com vários Nobel no currículo – e cedo outros fãs irredutíveis de Bob Dylan seguiram o exemplo daquela dupla. Outros títulos ‘dylanianos’:  The Biological Role of Nitrate and Nitrite: The Times They Are a-Changin (outra célebre canção), ou  Dietary Nitrate – A Slow Train Coming. À medida que se aproxima a idade da reforma para os investigadores, a refeição do premiado está quase pronta. E, além de muitos outros assuntos poéticos, Dylan também ilustra a flora intestinal e respiratória…

ricardo.nabais@sol.pt