Internacional

Mark Ruffalo tinha feito um vídeo de apoio a Marina Silva. Agora retirou-o

Mark Ruffalo fez um vídeo de dois minutos a mostrar publicamente o seu apoio a Marina Silva. O actor norte-americano chamou à candidata à presidência do Brasil “uma das mais interessantes entusiasmante no cenário político mundial” – quase uma carta de amor político à rival de Dilma Rouseff na corrida ao Palácio da Alvorada.


Mas o amor acabou. O actor que fez de Bruce Banner (Hulk) no Avengers veio retirar esse apoio depois de descobrir que Marina é contra os direitos dos homossexuais.

E escreveu uma declaração no seu Tumblr a justificar a sua decisão.

“Chegou à minha atenção que a candidata à presidência da República Brasileira Marina Salva pode não ser a favor do casamento gay. Isso colocar-me-ia em conflito directo com ela. Como você sabem, lutei pelo casamento igualitário no meu país e vejo isso como um reflexo da qualidade de um candidato. Eu não sabia que esta era a sua posição sobre o assunto quando eu fiz o vídeo a apoiar a sua candidatura“.

Ruffalo diz que apesar de a posição de Marina nos assuntos relacionados com o ambiente ser um ponto favorável não apaga esta ser contra o casamento gay.

E termina a carta com um certo desapontamento em relação a Marina. “I was disappointed to see her support for gay marriage be dropped by her party the day after she gave it in a speech. I ask that you honor my wishes in good faith.”

 

SOL

Os comentários estão desactivados.