Cultura

Pai de Sarkozy inaugura exposição de pintura

Algumas pinturas têm temas surrealistas, como uma girafa com a cabeça metida dentro de um abat-jour. Outras têm temas urbanos actuais. Mas a maioria representa cabeças de mulheres, de todas as cores e feitios.


O seu autor é Pal István Ern Sárközy de Nagy-Bócsa, ou simplesmente Pal Sarkozy, pintor nascido na Hungria e adoptado por França, mas conhecido sobretudo por ser o pai do antigo Presidente francês Nicolas Sarokozy. Acaba de inaugurar a sua exposição ‘Arte Dominos’ (Dominós Artísticos, em referência às pinturas rectangulares que fazem lembrar peças daquele jogo) no Museu Nacional de Vaduz, no Liechtenstein.

Não é de estranhar a presença frequente de mulheres nas suas pinturas: Pal é um conhecido mulherengo, tendo casado por quatro vezes. No seu livro auto-biográfico, Tant de Vie (Tanta Vida), contou ter tido um caso com uma ama quando tinha apenas 11 anos.

Já o seu filho, Nicolas, depois de se ter visto envolvido em problemas com a Justiça, está a tentar relançar a carreira política com a candidatura à liderança do partido conservador UMP. Ontem, terça-feira, Nicolas Sarkozy assistiu ao jogo para a Liga dos Campeões entre o Paris Saint-Germain e Barcelona que os franceses venceram por 3-2 e aproveitou para socializar com o rapper Jay-Z e a sua mulher, a cantora Beyoncé.

jose.c.saraiva@sol.pt

Os comentários estão desactivados.