Politica

Pedido de esclarecimento a Passos passa com abstenção do PSD e CDS

A maioria PSD/CDS-PP viabilizou hoje, pela abstenção, um projecto do PCP para que o parlamento peça ao primeiro-ministro, Passos Coelho, esclarecimentos sobre o seu registo de interesses enquanto deputado, que contou também com a abstenção do PS.


O Bloco de Esquerda e "Os Verdes" votaram a favor do projecto de deliberação do PCP, nos termos do qual a Assembleia da República deverá, agora, "enviar ao primeiro-ministro os elementos constantes da declaração de registo de interesses e do processo de atribuição do subsídio de reintegração, solicitando que sobre os mesmos preste esclarecimentos".

No projecto hoje aprovado, é pedido a Pedro Passos Coelho que esclareça porque é que, quando foi deputado, na VII Legislatura (1995-1999), não incluiu no seu registo de interesses a actividade que desenvolveu na organização Centro Português para a Cooperação e os respectivos montantes, condições e formas de pagamento das despesas de representação.

O PCP começou por apresentar um requerimento para que o parlamento pedisse esclarecimentos ao primeiro-ministro sobre esta matéria, mas em conferência de líderes, a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, considerou ser necessário "um impulso processual maior" para esse pedido ser feito a Passos Coelho - relatou o líder parlamentar dos comunistas, João Oliveira.

Na sequência dessa reunião, realizada na terça-feira, o PCP anunciou que iria levar a votos em plenário um projecto de deliberação, não excluindo, na altura, a utilização de outros instrumentos ao dispor dos deputados para obter esclarecimentos do primeiro-ministro, nomeadamente a constituição de uma comissão parlamentar de inquérito.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.