Opiniao

Teorias da Conspiração

Nunca fui adepto de teorias da conspiração. Que, além de poderem ser injustas (quando acusam determinadas pessoas ou instituições), contêm um grande risco: começamos a agir em função dessas teorias que construímos na nossa cabeça e não em função da realidade.

E, como essas teorias muitas vezes são fantasiosas, começamos a agir em função da fantasia. Entramos numa dimensão irreal.

Vem isto a propósito da Selecção Nacional. Dizia-se à boca cheia que Paulo Bento era refém do empresário Jorge Mendes, e privilegiava os jogadores agenciados por ele. De facto, entre os 23 que levou ao Brasil, havia 8 agenciados por Mendes.

Ora, o seleccionador mudou, Fernando Santos segura agora as rédeas da Selecção portuguesa, e o que vimos? Nesta convocatória estão 14 jogadores que têm Jorge Mendes como agente.

Mais uma vez, uma teoria da conspiração caiu pela base.

jas@sol.pt