Economia

Zeinal Bava sai da Oi com 5,4 milhões de euros

Zeinal Bava abandonou o cargo de presidente executivo da Oi mas não sai ‘de mãos a abanar’. Segundo o Diário Digital, que cita o jornal Valor Econômico, Bava leva consigo “um pacote de benefícios” que se traduz por 5,4 milhões de euros em 36 parcelas de 150 mil euros.

A Oi não comentou a notícia mas o jornal brasileiro refere que o ex-presidente-executivo acordou com os accionistas da companhia brasileira que não irá liderar nenhuma empresa de telecomunicações nos próximos três anos.

Quem também abandona a Oi é Abílio Martins, responsável pela área da comunicação e, segundo a Valor Econômico, um dos executivos mais próximos do ex-presidente.

Zeinal Bava assumiu a presidência da Oi em Junho de 2013, acumulando o cargo de presidente da Portugal Telecom, que exercia desde 2008 e acabou por abandonar em Agosto.

De acordo com o diário brasileiro, alguns accionistas brasileiros da Oi, nomeadamente as empresas Andrade Gutierrez e o grupo La Fonte, não acreditavam que Zeinal Bava desconhecia a operação, como o próprio afirma.