Economia

Maria Luís Albuquerque: “ Não haverá problemas de maior em Bruxelas”

A ministra das Finanças antecipa que a revisão do défice de 2,5% para 2,7% em 2015 não terá objecções da Comissão Europeia.


“Estamos confiantes que os argumentos são fortes. E o facto de cumprirmos a meta dos 3% permitirá que não haja problemas de maior. Mas a última palavra cabe à Comissão”, disse Maria Luís Albuquerque.

Para a ministra, o OE2015 assegura um “importante equilíbrio” entre o recuperar da confiança e a retoma da economia.

joao.madeira@sol.pt

sara.ribeiro@sol.pt

 

Os comentários estão desactivados.