Vida

Nem um cancro o impediu de correr a maratona

Um cancro nos testículos deixou-lhe a carreira em suspenso no futebol, mas o argentino Jonás Gutiérrez quis mostrar a sua força interior e não se inibiu de correr a Maratona de Buenos Aires. 

A sua missão era simples e solidária: representar a fundação argentina da luta contra o cancro, dar o exemplo a outras pessoas que sofrem com a doença e mostrar a si próprio que era capaz de superar o exigente desafio.

O antigo médio do Newcastle, que nos últimos meses tem estado em tratamentos na Argentina, apresentou-se em prova com uma mensagem simbólica na camisola: "O cancro é invisível, detecta-o a tempo".