Sociedade

Entregou-se e confessou o assassínio de duas vizinhas no Minho

Um homem entregou-se hoje na GNR de São Torcato, em Guimarães, confessando a autoria dos homicídios de duas vizinhas, cometidos no espaço de cerca de um ano, na região do Minho.


Artur Gomes, de 46 anos, desempregado, residente em Felgueiras, encontra-se desde a manhã de hoje acompanhado pela Brigada de Homicídios da Polícia Judiciária de Braga a reconstituir ambos os crimes, cometidos em Felgueiras e em Vila Nova de Famalicão.

As vítimas, ambas vizinhas do homicida confesso à data dos crimes, eram mulheres de idade avançada e a motivação dos assassínios terá sido o roubo de bens das mulheres, embora nos dois casos os valores roubados tenham sido pouco significativos. Segundo o SOL apurou, o primeiro roubo com homicídio foi cometido na vila de Joane, em Vila Nova de Famalicão, enquanto o segundo assassínio foi mais recentemente nos arredores de Felgueiras, perto da cidade da Lixa.

A Polícia Judiciária de Braga está a interrogar esta tarde a actual mulher do suspeito, nas suas instalações, a fim de tentar perceber melhor o enquadramento dos crimes. Mas apenas Artur Gomes foi detido pela PJ, estando a mulher a ser inquirida na qualidade de testemunha.

Os comentários estão desactivados.