Internacional

Padre enforca-se na sacristia após confessar abuso de jovem

Um padre italiano, que admitiu ter abusado sexualmente de uma adolescente, ter-se-á enforcado na sacristia da sua igreja em Trieste, de acordo com a AFP.

O sacerdote de 48 anos tinha sido acusado há uns anos de ter cometido “actos graves” a uma jovem de 13 anos, na época.

Recentemente, o padre confessou ao seu bispo Giampaolo Crepaldi que a acusação era verdadeira.

Sabendo que tal confissão representaria a sua expulsão da paróquia, o sacerdote pediu dois dias para escrever uma carta a implorar perdão a Deus, à Igreja e à vítima, até o bispo anunciar formalmente o seu afastamento.

Mas quando o bispo chegou à paróquia do padre, esta terça-feira à tarde, para o retirar das suas funções e o informar que seria sujeito a um inquérito e a um processo canónico, encontrou-o morto, enforcado na sacristia.

SOL