Economia

Vai ser lançado um carro voador ‘em dois ou três anos’

A empresa automobilística eslovaca Aeromobil anunciou hoje que pretende lançar um carro voador "em dois ou três anos", que permita voar e circular na estrada.

"A produção começará em dois ou três anos", afirmou à agência espanhola Efe o porta-voz da Aeromobil, Stefan Vadocz, no fim da apresentação do protótipo no aeroporto de Nitra, Eslováquia, e num festival de empreendedorismo em Viena, Áustria. 

A Aeromobil quer produzir em série um veículo comercial - AeroMobil 3.0 - que pode circular na estrada como um carro normal e em poucos segundos accionar umas asas que lhe permitirão voar a cerca de 200 quilómetros por hora. 

Segundo Vadocz, o modelo, ainda na fase de ensaios, precisa de algumas modificações, embora esteja "muito perto da versão final".

Actualmente existem pelo menos 10 empresas no mundo que tentam desenvolver um veículo multimodal que reúna as funções de um carro convencional e de um avião.

A Aeromobil considera que o aparelho pode ter interesse em países com fracas infra-estruturas rodoviárias, permitindo ligar duas localidades distantes de uma forma mais confortável. 

O protótipo eslovaco, de dois lugares, seis metros de comprimento e 449 quilogramas de peso, tem asas dobráveis de fibra de carbono e um motor a gasolina.

Com as asas abertas, o AeroMobil 3.0 tem 8,3 metros de envergadura e dois volantes, um para estrada e outro para o ar, com uma velocidade de descolagem de 130 quilómetros por hora, autonomia de voo de 700 quilómetros e consumo de 15 litros por hora. 

Como se trata de um protótipo, até ao momento ainda não se sabe qual seria o preço de venda, que dependerá da procura.

Lusa/SOL