Vida

Desespero de casal português no Dubai gera onda de solidariedade

Genny e Gonçalo Queiroz mudaram-se com o filho Daniel, de dois anos, para o Dubai à procura de uma vida melhor mas tudo mudou na passada terça-feira, quando a filha mais nova do casal, Margarida, nasceu com apenas 25 semanas – o limiar da esperança de vida – e 410 gramas​.

Tanto a mãe como a bebé estão internadas no hospital. Genny, de 33 anos, está nos cuidados intensivos devido a uma pré-eclampsia e a bebé está em perigo de vida.

As contas hospitalares são extremamente elevadas e o seguro de saúde não cobre as despesas diárias de mil euros por cada uma. Uma situação que gerou uma onda de solidariedade através do Facebook, onde está a circular uma campanha para ajudar financeiramente o casal.

Segundo o Correio da Manhã, os custos hospitalares já ascenderam aos 14 mil euros. "Ganho 2500 euros por mês e a Genny não trabalha. Quando a minha filha nasceu tive de pagar três mil euros", referiu Gonçalo, chefe de cozinha de 29 anos, ao jornal.

“Eu estou desesperado porque o hotel onde eu trabalho está gentilmente a pagar as contas todas do hospital e eu nem sei como lhes vou dar o dinheiro de volta. […] Eu estou de pés e mãos atadas, só peço a quem me puder ajudar com algum dinheiro para nós pagarmos as contas todas... Peço ainda a Deus para me ajudar pois elas ainda não estão livres de perigo...”, pode ler-se na página de Facebook.

A página na rede social já conta com mais de 27 mil likes e vários comentários de apoio ao casal.