Economia

Patrão da Ferrari acelera para os aviões

A 13 de Outubro Luca di Montezemolo deixou a Ferrari – depois de 23 anos como chairman – com uma indemnização de 27 milhões de euros. Menos de um mês depois, parece que o gestor já tem novo emprego: vai ser presidente do conselho de administração da Alitalia.

A notícia foi avançada pela agência Reuters, que cita duas fontes próximas do processo. A informação ainda não tinha sido tornada pública, explicam as fontes, porque a companhia aérea italiana – a braços com um difícil plano de recuperação financeira – está a finalizar negociações com a Etihad, de Abu Dhabi, para venda de 49% do capital.

As autoridades europeias já terão recebido a nomeação do gestor italiano para aprovação, bem como a de James Hogan, presidente da Etihad, que deverá ser administrador delegado na empresa que junta as duas companhias.

Luca di Montezemolo, de 67 anos, trabalhou directamente com Enzo Ferrari, fundador da marca icónica, desde 1973, ocupando vários cargos na empresa e em todo o grupo Fiat ao longo dos anos. Em 1991 passou a chefiar a Ferrari, saindo depois de vários conflitos, mais ou menos públicos, com Sergio Marchionne, presidente do agora grupo Fiat Chrysler Automobiles.

emanuel.costa@sol.pt