Sociedade

Mulher que caiu de ravina no Cabo da Roca resgatada por helicóptero

Uma mulher que caiu hoje de uma ravina no Cabo da Roca, concelho de Sintra, foi resgatada com vida da arriba por um helicóptero, cerca das 17:00, informou o comandante da capitania do porto de Cascais, Mário Domingues.


As autoridades marítimas foram alertadas, através dos bombeiros, pelas 14:15, para a queda de uma mulher, com cerca de 25 anos, adiantou a mesma fonte à agência Lusa.

A vítima caiu de um trilho, sem protecção, e "ficou na arriba, após cair de cerca de 60 metros de altura", adiantou o comandante Mário Domingues.

Apesar da mobilização de uma lancha do Instituto de Socorros a Náufragos para o local, situado a cerca de 500 metros a sul do farol do Cabo da Roca, as autoridades constataram a impossibilidade de resgatar a vítima por via marítima, tendo accionado um helicóptero Kamov de socorro e emergência.

A mulher foi resgatada pelo meio aéreo da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), cerca das 17:00, "com vida e com algumas escoriações", explicou o comandante da capitania de Cascais, que desconhecia a extensão dos ferimentos.

Os meios de socorro e assistência foram concentrados junto ao campo de futebol da Azóia, mas o intenso nevoeiro desviou o helicóptero para o aeródromo de Tires, em Cascais.

Segundo a página da internet da ANPC, foram mobilizados para o local 13 bombeiros dos voluntários de Almoçageme e meios da Polícia Marítima e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), apoiados sete veículos e um helicóptero.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.