Economia

Mais de 660 mil famílias estão em incumprimento bancário

As famílias portuguesas continuam a enfrentar sérias dificuldades em cumprir o pagamento das prestações de crédito à banca.


De acordo com os dados da Central de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal, mais de 660 mil famílias portuguesas estavam numa situação de incumprimento bancário no final de Setembro, o que representa menos 9500 agregados face ao final de Junho. Este é o segundo trimestre consecutivo em que o número de particulares em incumprimento recua.

A taxa de desemprego em níveis ainda elevados e os efeitos da carga fiscal no rendimento disponível nas famílias justifica este retrato. No entanto, a quebra no número de particulares com crédito vencido deve-se sobretudo aos planos de reestruturação de empréstimos que a banca foi obrigada a aplicar.

Segundo as mesmas estatísticas, quase 151 mil famílias não conseguiam pagar o crédito à habitação no final de Setembro. Os portugueses só deixam de pagar o crédito à habitação quando confrontadas com sérias dificuldades financeiras e após terem entrado em incumprimento em todos os outros compromissos.

Feitas as contas, desde o início deste ano quase 5200 famílias deixaram de pagar as prestações do crédito à habitação.

sandra.s.almeida@sol.pt

Os comentários estão desactivados.